terça, 21 de maio de 2019

Suspeitos de explodir caixas eletrônicos morrem em confronto com a polícia em Luziânia

Suspeitos de explodir caixas eletrônicos morrem em confronto com a polícia em Luziânia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Suspeitos de explodir caixas eletrônicos morrem em confronto com a polícia em Luziânia

 Uma dupla suspeita de estarem relacionados com associação criminosa responsável por explosões de cofres de caixas eletrônicos no Entorno do Distrito Federal são dois jovens, um de 26 anos e outro adolescente de 17, foram mortos após um confronto com policiais do Grupo Antirroubo a Banco (GAB/DEIC) da Polícia Civil (PC) e da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), da Polícia Militar (PM), na noite desta quinta-feira (7), em Luziânia.

 De acordo com a PM, uma operação conjunta entre as corporações fez com que os agentes prendessem em flagrante Amador da Conceição Sardinha Neto, 29 anos. Segundo a PM, Amador seria o responsável por fornecer os explosivos para a associação criminosa suspeita de agir na explosão de caixas eletrônicos de postos de combustíveis no Entorno do Distrito Federal.

 Segundo a corporação, Amador tem antecedentes por desobediência, ameaça, furto, receptação e tráfico de drogas. Após a prisão, os policiais descobriram o endereço de um dos comparsas do suspeito, que estaria foragido da Justiça e se escondia na Cidade Ocidental.

 As equipes foram até o endereço de Higor Almeida Guimarães, 26 anos, e, no local, foram recebidos a tiros pelo suspeito e por um comparsa de 17 anos. Durante a troca de tiros, os criminosos foram baleados e tiveram a morte confirmada durante o atendimento das equipes de resgate.

 Segundo a PM, Higor tinha antecedentes por lesão corporal, ameaça e furto. Os suspeitos, além de fazer parte de uma associação que explodia caixas eletrônicos da região, também eram responsáveis por vários roubos de veículos.

 Foram apreendidos um revólver calibre 380, um revólver calibre 38, além de explosivos de uso industrial e três tabletes de maconha. Amador foi conduzido pela ação conjunta ROTAM/GAB, e autuado na Delegacia de Investigações Criminais (Deic), pelo Grupo Antirroubo a Bancos, em flagrante pelo delito de posse de artefato explosivo ou incendiário sem autorização ou em desacordo com a determinação legal.

Da Redação

 Confira as principais notícias do Jornal Gazeta do Estado, jornal impresso com circulação nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Publicação de Edital de Protesto, Edital de Intimação, Edital de Notificação, Edital de Desmembramento, Edital de Retificação, Edital de Comunicação, Edital de Licitação, Edital de Pregão, Edital de Proclamas, Balanço e notícias de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. O Jornal Gazeta do Estado possui Central de Distribuição em Goiânia, Brasília e Palmas. Acesse nosso site:

http://gazetadoestado.com.br