terça, 16 de julho de 2019

Suspeito de dar golpes com aplicativo de posto de combustível é preso em Goiânia

Suspeito de dar golpes com aplicativo de posto de combustível é preso em Goiânia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Suspeito de dar golpes com aplicativo de posto de combustível é preso em Goiânia

 Dioni Alves Leonel, de 25 anos foi preso em flagrante, hoje (7), suspeito de aplicar golpes com um aplicativo de posto de combustível, no Setor Negão de Lima, região Central de Goiânia.

 De acordo com a Polícia Civil (PC), o suspeito de 25 anos, atraía motoristas de aplicativo e taxistas para os postos e oferecia o pagamento desconto de 30% para abastecerem os veículos. A polícia trabalha com a suspeita de que os cartões de crédito usados seriam clonados.

 De acordo com o delegado responsável pela prisão, Washington da Conceição, o suspeito combinava previamente com os motoristas como seria o abastecimento. Ele dizia que era necessário abastecer o carro muitas vezes para aumentar os pontos da conta. Depois, dizia que esses valores poderiam ser trocados por milhas para passagens ou viagens.

 Dioni confessou que agia dessa forma para dar o golpe nos proprietários dos cartões de crédito que ficavam com a dívida, e ele com o lucro. O suspeito, porém, não agia sozinho. Mais de 30 pessoas também fariam parte do esquema. A polícia tenta descobrir a identidade dos outros integrantes do grupo.

Como agia:

 Assim que os carros eram abastecidos pelos frentistas, o suspeito pagava a conta com cartão de crédito cadastrado em sua própria conta do aplicativo do posto. Em seguida, os motoristas entregavam o valor do abastecimento em dinheiro, já com o desconto, para ele.

 Porém, os cartões cadastrados na conta de Dioni não pertenciam a ele. O valor era cobrado na fatura do cartão de crédito de terceiros, que pagavam a conta sem terem feito o abastecimento. Posteriormente, o suspeito depositava o dinheiro em contas bancárias de outras pessoas.

 Segundo o delegado, Dioni chegou a convencer 15 motoristas a abastecerem no posto numa mesma ocasião. Neste mesmo posto, o prejuízo calculado até o momento é de aproximadamente R$10 mil.

Investigação:

 “Ele fazia amizade com os frentistas dos postos para que eles não suspeitassem da forma de pagamento. Dioni também teria aplicado esse golpe em outras unidades na capital”, explica.

 O delegado explica que Dioni abordava clientes de um mesmo posto e mediava a cobrança do combustível abastecido por eles desde o último domingo (3). Os donos do posto e o gerente suspeitaram da atitude e decidiram informar à Polícia, que o prendeu em flagrante.

Suspeito de dar golpes com aplicativo de posto de combustível é preso em Goiânia

 “Nós já ouvimos os frentistas e os administradores do posto. Agora vamos ouvir os motoristas que caíram no golpe e também descobrir quem seriam os donos dos cartões de crédito e identificar os favorecidos dos depósitos feitos por Dioni. Vamos solicitar a quebra de sigilo”, declara o delegado.

 A prisão em flagrante foi convertida em preventiva pelo Poder Judiciário após audiência de custódia. O suspeito vai responder por estelionato e pode ser indiciado por associação criminosa.

Da Redação

 Confira as principais notícias do Jornal Gazeta do Estado, jornal impresso com circulação nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Publicação de Edital de Protesto, Edital de Intimação, Edital de Notificação, Edital de Desmembramento, Edital de Retificação, Edital de Comunicação, Edital de Licitação, Edital de Pregão, Edital de Proclamas, Balanço e notícias de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. O Jornal Gazeta do Estado possui Central de Distribuição em Goiânia, Brasília e Palmas. Acesse nosso site:

http://gazetadoestado.com.br