segunda, 25 de março de 2019

Preso segurança que matou morador de rua com facada no peito em Goiânia

Preso segurança que matou morador de rua com facada no peito em Goiânia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Preso segurança que matou morador de rua com facada no peito em Goiânia

 Foi escondido na casa da patroa da esposa dele, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia, que a Polícia Civil prendeu, na tarde desta quarta-feira (16), ainda em flagrante, o segurança Selmar Pereira da Silva, de 46 anos. No final da noite de terça-feira (15), ele foi filmado discutindo, agredindo, e matando, com uma facada no peito, o morador de rua Danilo Gomes Sousa Amaral, de 19 anos, na porta de uma drogaria, no Setor Leste Vila Nova, em Goiânia.

 Em entrevista concedida à imprensa, Selmar disse estar arrependido, e alegou que o golpe foi involuntário. “Quando mandei ele sair da porta ele me ameaçou, falou que minha hora ia chegar, daí eu de fato perdi a cabeça, me virei, e dei um soco nele. Depois eu pretendia jogar ele do outro lado da grade e acabar com a confusão, mas ele agarrou em minha blusa, e quase ia me levando junto, foi quando eu tirei a faca para assustar, mas ele me puxou, e eu acabei acabei acertando o peito dele”, contou.

 Responsável pelo caso, a delegada Magda D´Avila, adjunta da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), contestou a versão apresentada pelo vigilante.“As imagens são nítidas, e mostram que o morador de rua foi morto sem esboçar qualquer tipo de reação. Além disso, temos o depoimento de uma testemunha, que contou ter ido à drogaria apenas para comprar fraldas para a vítima, que, em momento algum, forçou a entrada no estabelecimento”, pontuou. 

 A delegada disse ainda que logo após o crime, Selmar Pereira da Silva pediu para dormir na casa de uma idosa que é patroa da esposa dele. “Tudo indica que ele pretendia ficar escondido lá até passar o prazo do flagrante, mas felizmente nossos agentes o encontraram antes”, concluiu.

 Selmar Pereira, que até então não tinha passagem pela polícia, foi autuado por homicídio duplamente qualificado, crime que tem pena prevista de 12, a até 30 anos de reclusão.

Por: Mais Goiás

 Confira mais notícias no Jornal Gazeta do Estado, jornal impresso com circulação nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Publicação de Edital de Protesto, Edital de Intimação, Edital de Notificação, Edital de Desmembramento, Edital de Retificação, Edital de Comunicação, Edital de Licitação, Edital de Pregão, Edital de Proclamas, Balanço e notícias de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. O Jornal Gazeta do Estado possui Central de Distribuição em Goiânia, Brasília e Palmas. Fique bem informado, acesse:

http://gazetadoestado.com.br