sexta, 15 de fevereiro de 2019

Polícia retém mais um ônibus do transporte coletivo de Piraju por pneus carecas

Polícia retém mais um ônibus do transporte coletivo de Piraju por pneus carecas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Polícia retém mais um ônibus do transporte coletivo de Piraju por pneus carecas

Mais um ônibus da empresa responsável pelo transporte coletivo de Piraju (SP) foi recolhido pela Polícia Militar durante fiscalização nesta quarta-feira (15).
Segundo o pátio conveniado com o Detran, o veículo fazia a linha Piraju para Ponte Cerqueira e não estava com passageiros.
Foi constatado que ele estava com licenciamento vencido, pneus carecas, sem tacógrafo e que o motorista não tinha o curso obrigatório para transporte de passageiros.
O ônibus foi levado para o pátio e para ser liberado precisa regularizar as pendências e apresentar a documentação atualizada no Ciretran, que é o órgão responsável por liberar o veículo.
A reportagem procurou a empresa Rio Pardense e a prefeitura para se posicionarem sobre o caso, mas não obteve retorno.
 

Outros flagrantes

No dia 8 de agosto, dois ônibus foram recolhidos pela Polícia Militar durante fiscalização De acordo com a polícia, o primeiro veículo foi parado por uma equipe na área central.
Os policiais constataram que os pneus estavam carecas e desgastados. Além disso, o veículo não estava com a documentação regularizada e o motorista não tinha o curso de transporte coletivo.
Como havia passageiros no momento da abordagem, a empresa mandou outro ônibus para fazer o transporte. Porém, o veículo enviado também estava com pneus carecas e sem a documentação regularizada, e acabou sendo recolhido.

 
Com isso, ainda de acordo com a polícia, um terceiro veículo foi enviado ao local pela empresas para levar os passageiros. Os ônibus irregulares foram recolhidos e levados ao pátio da cidade.
A prefeitura informou que só há duas linhas na cidade e que já notificou a empresa para que o serviço não seja prejudicado.