quarta, 22 de maio de 2019

Polícia Civil prende em flagrante traficante e apreende menor em Cristalina

Polícia Civil prende em flagrante traficante e apreende menor em Cristalina
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Polícia Civil prende em flagrante traficante e apreende menor em Cristalina

Policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Cristalina prendeu, nesta quinta-feira (23) em flagrante de Francisco Osmundo da Silva Filho e um menor de idade, responsáveis por esquema de tráfico de drogas.

As diligências investigativas iniciaram-se após o recebimento de denúncias que narravam a existência de “bocas de fumo” no Setor Belvedere. Durante as campanas efetuadas nos locais suspeitos, foi observada movimentação típica do tráfico de drogas nas residências indicadas nas denúncias.

Os investigadores permaneceram em observação àqueles locais, até que o menor saiu pelo portão de uma das casas e começou a preparar uma porção de maconha para venda.

Diante da situação, a equipe de policiais civis realizou a abordagem do menor, que afirmou ser usuário de drogas e não possuir mais nenhuma quantidade de entorpecentes em sua casa. Em seguida, a mãe do menor foi de encontro aos policiais civis e franqueou-lhes a entrada na residência, na tentativa de confirmar que seu filho não detinha mais porções de entorpecentes.

Todavia, durante as buscas no local, a equipe policial encontrou, abaixo da cama do adolescente, quatro porções de material assemelhado a crack, uma balança de precisão, três rolos de papel filme e R$ 17,40 em espécie. Os policiais civis também encontraram insumos para produção de cocaína, tais como um pote de cafeína, 605 gramas de ácido bórico, uma lâmina de Gillette com resquícios de crack e uma cartela do medicamento Cimegripe.

Ao ser questionado, o menor afirmou que as pedras de crack lhe pertenciam e seriam destinadas à venda. Em seguida, afirmou que os outros produtos apreendidos seriam de propriedade de Francisco, que também reside no Setor Belvedere e era monitorado pela equipe de investigadores em virtude de denúncias sobre tráfico de entorpecentes.

Os policiais civis foram até a residência de Francisco, que também lhes franqueou a entrada. Foram localizados uma balança de precisão, dois rolos de papel filme, um rolo de papel laminado e uma porção de substância castanho-esverdeada composta de flores, frutos, caule, sementes e ramos, prensada e sem invólucro.

Desvendada a parceria criminosa, Francisco confirmou que parte do material apreendido na casa do menor lhe pertencia. Diante dos fatos, a equipe de policiais civis conduziu os envolvidos para a delegacia para a lavratura dos procedimentos cabíveis. Francisco possui passagem recente por autoria em tentativa de homicídio, perpetrado na Bahia.