sexta, 15 de fevereiro de 2019

PM apreende drogas, armas de uso restrito e mais de 500 munições em Goiânia(GO)

PM apreende drogas, armas de uso restrito e mais de 500 munições em Goiânia(GO)
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

PM apreende drogas, armas de uso restrito e mais de 500 munições em Goiânia(GO)

Dois homens e duas mulheres foram presos pela Polícia Militar na noite desta segunda-feira (18) em Goiânia(GO) com uma arma de uso restrito, cerca de R$ 70 mil em cocaína, e mais de 500 munições. As informações levantadas pela PM indicam que os dois homens presos são integrantes do Comando Vermelho, facção criminosa que atua nos morros e presídios do Rio de Janeiro.

Foi após o cruzamento de informações que militares do Serviço de Inteligência (PM2) e do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) prenderam, no Jardim Curitiba, Douglas Gomes de Farias Matos, de 23 anos, e Júnior Magalhães das Chagas, de 19 anos, que estavam com 300 gramas de cocaína pura, no mercado, as drogas totalizam cerca de R$ 70 mil. No celular da dupla, os policiais encontraram fotos de drogas e de caixas de munições, ocasião em que os dois confessaram manter um laboratório para o refino de cocaína no Jardim Petrópolis, em Goiânia.

 

Em uma residência na Rua Monte Castelo do Jardim Petrópolis, os policiais localizaram uma prensa, 26 embalagens com um quilo de pasta base de cocaína, 63 quilos de ácido bórico, 11 frascos de éter, um liquidificador industrial, sete peças com um quilo de cocaína já pronta para a comercialização, 257 comprimidos de êxtase, R$ 9.746 em dinheiro, além de 30 embalagens. O que mais chamou a atenção dos policiais, porém, foi a grande quantidade de munições de grosso calibre que estavam em uma caixa, sendo 400 de fuzil calibre 5.56, e 130 de pistola. Uma pistola com kit rajada, de calibre restrito, Ponto 40, também foi apreendida junto com um carregador alongado.

Apontadas como namoradas dos dois presos, e suspeitas de cuidarem do laboratório, Jordana B. Badaró, de 18 anos, que já acumula passagens por receptação e tráfico de drogas, e Milena Carolina P. Sousa, de 20 anos, também foram presas e encaminhadas para a Central de Flagrantes. Segundo a PM, Douglas Gomes também já possui duas passagens por tráfico de drogas. Em janeiro deste ano, ele também foi preso por receptação.

O tenente da PM Jonathan Andrade, que participou da operação que prendeu as quatro pessoas, explicou que é comum que os membros de facções criminosas tenham passagens anteriores pela polícia. O policial completou que as armas apreendidas preocupam a corporação, já que são armamentos pesados e, em alguns casos, de uso exclusivo das forças policiais.

(maisgoias)