quinta, 23 de maio de 2019

PF prende 2 homens com 7 quilos de cocaína em kits de maquiagem em aeroporto internacional de SP

PF prende 2 homens com 7 quilos de cocaína em kits de maquiagem em aeroporto internacional de SP
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

PF prende 2 homens com 7 quilos de cocaína em kits de maquiagem em aeroporto internacional de SP

A Polícia Federal prendeu dois homens na tarde de terça-feira (18/09), no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica – Guarulhos, por tráfico internacional de drogas.

Um deles, de 20 anos, foi flagrado quando ia embarcar para Paris levando 7 quilos de cocaína dentro de 14 embalagens de kits de maquiagem.

A PF foi acionada ante suspeita de droga na mala despachada do passageiro. Após a mala ser aberta, foi constatada uma grande quantidade de embalagens de kits de maquiagem. Os agentes abriram uma das embalagens e encontraram um pacote 'contendo material branco, em pó, com cheiro e aparência de cocaína'. Questionado sobre a substância, o suspeito admitiu ser cocaína.

O passageiro estava acompanhado no momento do check-in de outro homem. Depois de despacharem a mala eles se separaram.

Após os agentes realizarem algumas perguntas, o passageiro afirmou que "não conhecia" o outro homem, mas o circuito interno de câmeras de Cumbica mostrou que eles chegaram no mesmo carro, e seguiram juntos para a fila do embarque. Quando a PF localizou o segundo suspeito, de 28 anos, ele também negou que se conheciam.

Os dois foram conduzidos a Delegacia de Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo para prestar esclarecimentos e lá acabaram admitindo que se eram conhecidos e que moravam juntos.

Na delegacia da PF a substância foi submetida a perícia, resultando positivo para cocaína - um volume de sete quilos da droga, acondicionada em 14 embalagens de kits de maquiagem.

A Polícia Federal informou que os presos serão encaminhados ao presídio estadual, onde ficarão sob disposição da Justiça.