segunda, 27 de maio de 2019

Paraquedista morre depois de cair em rodovia e ser atropelado por carreta

Paraquedista morre depois de cair em rodovia e ser atropelado por carreta
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Paraquedista morre depois de cair em rodovia e ser atropelado por carreta

Um paraquedista morreu depois de cair na pista da rodovia Castelo Branco, neste domingo, em Boituva, interior de São Paulo. Depois da queda, Diego Camargo Martins, de 37 anos, foi atingido por uma carreta que passava pelo trecho e morreu.

O acidente aconteceu no km 115 da rodovia, ao lado do Centro Nacional de Paraquedismo (CNP), de onde havia decolado. Diego Camargo Martins, de 37 anos, já havia saltado de paraquedas mais de cem vezes e era considerado experiente.

Segundo informações, o caminhoneiro Nelson Hidemi Imot, informou que seguia sentido São Paulo, quando o paraquedista apareceu de repente na frente da carreta. Ele só conseguiu parar o veículo 200 metros à frente.

Quase três horas depois do acidente, a perícia foi feita e o corpo foi retirado. Ainda de acordo com o portal, o paraquedas que abriu foi o de emergência. O equipamento é acionado automaticamente depois que o praticante está a aproximadamente 750 metros de altura.

Por isso a suspeita é de que por algum motivo, o atleta tenha desmaiado durante o salto ou algum problema pode ter feito ele parar na rodovia. O caso foi registrado na delegacia e será investigado.

Foto: Corpo de Bombeiros

Fonte: DM