segunda, 15 de julho de 2019

Operação desarticula cadeia ilegal de produção de cerâmica na zona rural de Campos dos Goytacazes(RJ)

Operação desarticula cadeia ilegal de produção de cerâmica na zona rural de Campos dos Goytacazes(RJ)
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Operação desarticula cadeia ilegal de produção de cerâmica na zona rural de Campos dos Goytacazes(RJ)

Desencadeada na manhã desta quinta-feira (12) por policiais do Comando de Polícia Ambiental (CPAM) da Polícia Militar na zona rural de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, a “Operação Gabarito” resultou na prisão em flagrante de 10 pessoas e na apreensão de equipamentos e armas.

Com base em informações levantadas pela Divisão de Inteligência do CPAM, a “Operação Gabarito” teve como objetivo reprimir o funcionamento de 20 fábricas e estabelecimentos ligados à produção de cerâmica e seus subprodutos como tijolos, blocos, telhas, lajes etc.

Sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou em desacordo com as normas legais e regulamentares de operação, as empresas fabricantes e seus fornecedores praticavam crimes ambientais em toda a cadeia de produção – da extração de argila, passando pela moldagem, secagem, queima, produção final e expedição.

A operação mobilizou 50 policiais militares do CPAM e 13 viaturas. Os policiais flagraram crimes ambientais que envolviam a extração ilegal de argila em lavra clandestina de recursos minerais, o consumo irregular de água e de energia, a emissão irregular de resíduos sólidos e líquidos, além da emissão de poluentes de material particulado e gasoso.

Além dos 10 presos em flagrante, os policiais apreenderam duas armas – uma pistola Taurus calibre .380 e um revólver Taurus calibre 38. Os policiais conduziram para a 134ª DP (Campos) os presos, as armas e os equipamentos apreendidos. Os detidos responderão por porte ilegal de armas de fogo e por crimes ambientais.

(PMERJ)