domingo, 19 de maio de 2019

Homem que matou mulher a facadas em Goiás é preso em Mato Grosso

Homem que matou mulher a facadas em Goiás é preso em Mato Grosso
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Homem que matou mulher a facadas em Goiás é preso em Mato Grosso

Um homem de 50 anos foi preso nessa quinta-feira (21) em Confresa, a 1.060 km de Cuiabá, suspeito de ter matado a própria mulher, em Jandaia(GO), em 2013. De acordo com a Polícia Civil, a operação ‘Zona Rural 1’, deu cumprimento aos mandados de prisão, expedidos pela Comarca de Goiás, em desfavor do suspeito acusado de dois homicídios, um deles contra a própria mulher dele.

Três mandados judiciais foram cumpridos na zona rural de Confresa e três armas e munições foram apreendidas.

Um dos crimes praticados pelo foragido aconteceu no ano de 2013, no Distrito Palmeuna, próximo a cidade de Jandaia (GO), tendo como vítima a mulher dele. Conforme apurado, a vítima foi assassinada a golpes de faca e o homicídio causou grande repercussão, uma vez que o autor deixou a arma cravada no corpo da mulher, e depois fugiu.

Após suspeitas que ele estava residindo na região de Confresa, usando nome falso, os policiais localizaram o procurado numa residência no bairro Vila. Ao ser surpreendido pela equipe policial, ele assumiu a autoria dos crimes.

Ele foi conduzido à delegacia da Polícia Civil de Confresa, ouvido e posteriormente levado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, a 1.143 km da capital.

Durante a operação na zona rural, também foi dado cumprimento a terceira ordem judicial, um mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela Comarca de Porto Alegre do Norte, em um pesque pague na região, o qual o proprietário, de 49 anos, era investigado por indícios de comercializar documentos de habilitação falsos.

Ele também foi denunciado por agredir um dos seus funcionários, dando golpes de coronhadas de espingarda calibre 12. Durante buscas no estabelecimento, foram apreendidas três carabinas, sendo uma de calibre 12 e duas de calibre 22, mais de 230 munições de diferentes calibres, além de duas carteiras de habilitação falsificadas.

(G1)