terça, 12 de dezembro de 2017

Homem mata companheira a tiros após sequestro na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS)

Homem mata companheira a tiros após sequestro na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS)
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Homem mata companheira a tiros após sequestro na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS)

O sequestro de uma mulher pelo seu ex-marido terminou em tragédia nesta sexta-feira (10), em Viamão (RS), Região Metropolitana de Porto Alegre. O motorista de ônibus Carlos Alexandre Padilha assassinou Adriana, de quem se separou neste ano, e se matou, em uma área afastada da cidade. A informação é da Polícia Civil.

Carlos abordou Adriana por volta das 8h30 de quinta-feira (9), perto da residência onde a mulher morava, na cidade vizinha de Alvorada. O momento foi registrado por um vídeo, gravado por um vizinho, que circulou na internet. Agressivamente, Carlos a obrigou a entrar no seu carro. A Delegacia da Mulher de Alvorada começou a buscar o casal.

Por volta das 15h, Carlos fez contato com a família, por telefone. Com os dados de localização do celular, foi possível rastrear o veículo, que já estava em Viamão. O caso passou então para a Delegacia da Mulher de Viamão. Segundo a titular, Jeiselaure Rocha de Souza, por volta do meio-dia de sexta-feira (10) o veículo foi localizado, em uma estrada de chão. Adriana foi alvejada por um tiro na perna e outro na cabeça. Carlos se matou em seguida.

Medida protetiva:

Segundo Jeiselaure, Adriana e Carlos Alexandre haviam ficado juntos por 20 anos, dos quais 17 casados oficialmente. Eram pais de três meninas. Este ano, se separaram.

No final de outubro, Adriana registrou boletim de ocorrência contra Carlos, por agressão e estupro. Ela solicitou uma medida protetiva à Justiça, mas o fez no Fórum de Porto Alegre. Pelo fato de residir em Alvorada, o pedido foi enviado para o fórum desta cidade, o que fez com que a tramitação demorasse. Somente na quarta-feira (8), a medida foi deferida. Carlos sequer tinha sido informado quando a sequestrou.

(G1)

foto de Daniel Alves

Sobre Daniel Alves

Mora em Caldas Novas, Estudante, Músico, Natural de Piracanjuba -GO.