sexta, 24 de maio de 2019

Assaltante é morto a tiros ao tentar roubar supermercado, no Parque Santa Rita

Assaltante é morto a tiros ao tentar roubar supermercado, no Parque Santa Rita
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Assaltante é morto a tiros ao tentar roubar supermercado, no Parque Santa Rita

 Um homem foi morto a tiros, na madrugada desta segunda-feira (28), ao tentar assaltar um supermercado localizado na Avenida Buritis, Parque Santa Rita, região Sudoeste de Goiânia. Segundo a Polícia Civil (PC), o suspeito morreu após dono do estabelecimento reagir a ação dos criminosos.

 De acordo com a corporação, o dono do supermercado contou que por volta de 00h10 o alarme de segurança do estabelecimento disparou, mas não havia ninguém no local. Por volta de 3h30 o alarme soou novamente e, ao verificar imagens das câmeras de segurança, ele viu que haviam duas pessoas dentro do supermercado furtando mercadorias e dinheiro.

 O proprietário decidiu ir até comércio e surpreender os criminosos. Um dos suspeitos havia deixado a arma sob um balcão de atendimento enquanto pegava dinheiro do caixa.  O comerciante entrou no local e pegou a arma, mas os indivíduos o viram e tentaram atacá-lo. O dono do estabelecimento, então, começou a disparar contra eles para se defender.

 Durante a briga, o comerciante conseguiu acertar um dos suspeitos na clavícula. Em seguida, o parceiro atacou o dono do supermercado, tomou a arma dele e fugiu.

 Ainda conforme a PC, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para se deslocar até o estabelecimento. Os bombeiros verificaram que o suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Técnico Científica identificou o suspeito como Josye de Sousa Santos, de 43 anos. O Instituto Médico Legal (IML) também foi chamado para remover o corpo.

 O comerciante contou ter sido vítima de assalto quatro vezes nos últimos 15 dias. Por afirmar ter agido em legítima defesa, após se apresentar à Delegacia Estadual de investigações de Homicídios (DIH), ele foi liberado.

 Segundo o responsável pelo caso, o delegado João Victor Costa, um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso e apurar se o comerciante realmente agiu em legítima defesa.

Por: Mais Goiás

 Fique bem informado com as principais notícias do Jornal Gazeta do Estado, jornal impresso com circulação nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Publicação de Edital de Protesto, Edital de Intimação, Edital de Notificação, Edital de Desmembramento, Edital de Retificação, Edital de Comunicação, Edital de Licitação, Edital de Pregão, Edital de Proclamas, Balanço e notícias de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. O Jornal Gazeta do Estado possui Central de Distribuição em Goiânia, Brasília e Palmas. Acompanhe nosso site:

http://gazetadoestado.com.br