sábado, 21 de setembro de 2019

Após ser solto por erro em Goiás, traficando do Comando Vermelho organizou plano de resgate em presídio do Paraguai

Após ser solto por erro em Goiás, traficando do Comando Vermelho organizou plano de resgate em presídio do Paraguai
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Após ser solto por erro em Goiás, traficando do Comando Vermelho organizou plano de resgate em presídio do Paraguai

Uma investigação da Polícia Federal do Brasil com a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai apontou o traficante Leomar Oliveira Barbosa, de 55 anos, conhecido como ‘playboy do tráfico,’ como o cabeça do esquema para tentar resgatar Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o ‘Marcelo Piloto’ no Paraguai, que também é membro do Comando Vermelho.

O plano de fuga, que seria posto em prática no último final de semana, foi descoberto após uma investigação internacional. A ação levou à prisão de cinco traficantes brasileiros que planejavam resgatar Marcelo de uma penitenciária de Assunção, capital do Paraguai.

Marcelo está preso desde dezembro do ano passado e é considerado pelas autoridades um dos principais fornecedores de drogas, munições e armas do Comando Vermelho – facção que lidera boa parte do tráfico no Rio de Janeiro.

Na operação, quatro homens e uma mulher foram detidos em três casas de Assunção. As prisões foram baseadas em informações de inteligência compartilhadas entre a PF e as autoridades paraguaias sobre a data da execução do plano.

Segundo investigadores que atuaram no caso, a ideia era buscar Marcelo Piloto no próximo final de semana.